Belém +30, evento de abrangência internacional sobre a sociobiodiversidade

Belém mais 30 (foto http://agencia.portalfadesp.org.br)
Belém mais 30 (foto http://agencia.portalfadesp.org.br)

Belém + 30 acontecerá nos dias 07 a 10 de agosto de 2018; na capital paraense, que será palco de um dos maiores eventos internacionais sobre sociobiodiversidade.

O evento incluirá o XVI Congresso Internacional de Etnobiologia; o XII Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia e, também, a I Feira Mundial da Sociobiodiversidade.

O evento é promovido pela Sociedade Internacional de Etnobiologia (ISE) e Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia (SBEE). A programação está sob a organização de instituições de pesquisa como o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG); Universidade Federal do Pará (UFPA); Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp); Universidade do Estado do Pará (Uepa) e Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra).

Objetivo

Belém mais 30 (foto http://agencia.portalfadesp.org.br)
Belém mais 30 (foto http://agencia.portalfadesp.org.br)

O objetivo é proporcionar o intercâmbio e o fortalecimento da identidade cultural; a partir da diversidade dos grupos étnicos de várias partes do planeta e que estarão presentes no Belém+30.

Programação

Entre as principais atrações do encontro, destaque ainda para a primeira feira mundial só com produtos da sociobiodiversidade.

A intenção é promover a produção familiar e a forma como as comunidades se relacionam com a floresta para a obtenção de seus patrimônios, sejam alimentares, material ou imaterial.

Ao longo dos quatro dias oficiais do vento, o público participará de palestras, sessões acadêmicas, mesas de trabalho, sessão de pôsteres, minicursos e uma extensa programação artístico-cultural com apresentações de carimbó, lundu, marujada, guitarrada, capoeira, tambor de crioula, cordão de pássaros, bois, entre várias outras manifestações.

 

Declaração de Belém: A programação marcará os trinta anos do primeiro Congresso Internacional de Etnobiologia, realizado no Pará, em 1988. Na época, pesquisadores das ciências sociais e naturais, ambientalistas e representantes indígenas de 25 países elaboraram a Declaração de Belém. O documento norteia o trabalho dos pesquisadores em relação a garantia dos direitos de povos indígenas e comunidades tradicionais.

Com o tema central “Belém +30: os direitos dos povos indígenas e as populações tradicionais e o uso sustentável da biodiversidade, três décadas após a Declaração de Belém”; o principal objetivo do evento é refletir sobre as conquistas e os desafios da carta de Belém, três décadas depois do primeiro encontro internacional de Etnobiologia.

Belém + 30

XVI Congresso da Sociedade Internacional de Etnobiologia
XII Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia
I Feira Mundial da Sociobiodiversidade

Data: 07 a 10 de agosto de 2018.
Local: Hangar Centro de Convenções da Amazônia, Belém – PA.
Inscrições com descontos especiais: até 25 de maio.
Mais informações acesse www.ise2018belem.com.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*