Auxílio Emergencial 2021: como consultar a lista de aprovados

A nova lista de beneficiários do Auxílio Emergencial deve ser disponibilizada a partir desta quinta-feira, dia 1 de abril de 2021, pelo Ministério da Cidadania. E a consulta desta lista que vai ser divulgada pelo Governo pode ser feita diretamente do site oficial do Dataprev.

O número de beneficiários neste ano de 2021 reduziu de 60 milhões para 46,6 milhões de brasileiros. E os valores das novas parcelas do benefício emergencial ficaram entre R$ 150 reais e R$ 375 reais, de acordo com critérios que já foram estabelecidos e que seguem a referência da composição familiar do cidadão.

No site oficial do Ministério da Cidadania, a equipe publicou o seguinte texto: “A previsão informada pela Dataprev é de que o primeiro processamento será finalizado até o fim de março. Dessa forma, a estimativa é de que, a partir do dia 1 de abril, cada cidadão possa verificar o resultado no Portal de Consultas da Dataprev: https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/“.

A data que está prevista para o começo dos pagamentos continua sendo a sexta-feira do dia 16 de abril de 2021, quando vão se iniciar os pagamentos para os beneficiários do Programa Bolsa Família. Os demais grupos de beneficiários, que são aqueles brasileiros que estão inscritos no Cadastro Único (popular CadÚnico) ou no aplicativo Caixa Tem, ainda não tiveram o calendário de pagamentos oficialmente divulgado.

No total, vão ser 4 (quatro) novas parcelas. Parcelas que terão início no mês de abril e que devem chegar ao fim no mês de julho, com valores que variam de acordo com a quantidade de membros que fazem parte da família.

Valor a ser pago (de acordo com a composição familiar)

  • 4 parcelas de R$ 150 reais cada, para os beneficiários que moram sozinhos
  • 4 parcelas de R$ 250 reais cada, para as famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres
  • 4 parcelas de R$ 375 reais cada, para as famílias que são chefiadas por mulheres

Lembrando que a nova rodada de pagamentos do Auxílio Emergencial é limitada a uma pessoa por cada família. Em outras palavras, isso significa que mais de um membro da mesma família não pode receber as novas parcelas do benefício.

Então, quem pode receber as novas parcelas do Auxílio Emergencial em 2021?

  • Podem receber as famílias com renda por pessoa de até meio salário mínimo – R$ 550 reais – e renda mensal total de até três salários mínimos – R$ 3.300 reais
  • Para os brasileiros que são beneficiários do Programa Bolsa Família, vai valer o benefício de for de maior valor

Quando vai sair a lista de aprovados do Auxílio Emergencial?

Conforme já foi explicitado anteriormente, o Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência), que é o órgão que tem a responsabilidade de administrar os cadastros dos beneficiários que fizeram as suas solicitações de recebimento do Auxílio Emergencial, deve divulgar a lista de aprovados ainda nesta semana. A divulgação deve acontecer pelos meios oficiais do Ministério da Cidadania.

Na lista de aprovados, devem constar todos os brasileiros que cumprem com os requisitos de renda e de inexistência de emprego formal. E se você cumpre com todas as condições que são necessárias para receber o Auxílio Emergencial, e o seu nome não estiver incluído na lista de aprovados, é possível comunicar esta situação diretamente para a Caixa Econômica Federal – CEF por meio dos seus diversos canais de atendimento.

Inclusive, por meio do aplicativo Caixa Tem, é possível tirar as suas dúvidas em relação ao pagamento do benefício emergencial, uma vez que é a partir desta plataforma digital que os valores podem ser recebidos e administrados, tanto pelo Governo quanto pelos beneficiários.

A partir da divulgação da lista de beneficiários aprovados para receber o Auxílio Emergencial, o calendário de pagamentos do benefício deve ser divulgado logo em seguida. No máximo, até a próxima semana. Lembrando que o presidente Jair Bolsonaro declarou, na sua live semanal mais recente, que as novas parcelas do Auxílio Emergencial podem começar a ser pagas no dia 4 ou 5 de abril. Resta saber, portanto, se esta data vai ser confirmada pelo calendário oficial que vai ser divulgado pelo Ministério da Cidadania nos próximos das.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *