Liberada nova parcela do Saque-aniversário do FGTS; veja quem recebe

O saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vem gerando bastante interesse entre os brasileiros. Essa é uma das medidas mais esperadas pelos trabalhadores, uma vez que se trata do único programa de amenização dos impactos negativos da pandemia de covid-19 na economia que contempla as pessoas que possuem vínculo de emprego ativo e assinatura na carteira de trabalho. É, portanto, uma oportunidade para os trabalhadores atingidos pela pandemia.

No ano passado, o saque emergencial do FGTS liberou até um salário mínimo para todos os trabalhadores que tivessem saldo em contas ativas ou inativas do FGTS, independentemente de ter sido o titular demitido ou não. Bastava ter o saldo na conta para que fizesse jus ao saque emergencial.

Neste ano, com a renovação das medidas adotadas no ano anterior, como programa de manutenção de emprego e renda, abertura de créditos para micro e pequenas empresas e o lançamento do novo ciclo de pagamentos do auxílio emergencial 2021, afirma-se que há fortes rumores de nova liberação do saque emergencial do FGTS, fechando o pacote das medidas de amenização do impacto econômico da pandemia do coronavirus.

Fortalece essa tese o parecer técnico da equipe econômica do Governo Federal, segundo o qual a liberação de um novo lote de saques emergenciais do Fundos de Garantia do Tempo de Serviço não comprometeria as reservas do programa.

Além disso, já foi concluído o estudo de viabilidade do programa para este ano. Por isso, embora ainda não haja confirmação oficial do retorno dos saques, algumas pessoas os dão como certo. A expectativa é de que a liberação ocorra até o fim de junho, dando tempo para que os trabalhadores possam acumular mais reservas econômicas em seu fundo, já que muitos perderam valores por causa do saque realizado no ano passado e em virtude da adesão à sistemática saque-aniversário, cujas regras permitem a retirada de uma determinada quantia anualmente no mês do aniversário do titular.

Calendário do saque-aniversário de 2021

A Caixa Econômica Federal disponibilizou em seu site o calendário referente à sistemática saque-aniversário de 2021. Os valores podem chegar a até R$ 2.900, dependendo da quantia existente na conta ativa (emprego atual) ou inativa (empregos anteriores) do fundo.

O calendário permite a realização do saque no mês de aniversário do titular ou até o último dia do segundo mês após o aniversário. Sendo assim, há três meses para realização do saque.

A título de exemplo, caso o titular da conta tenha nascido em fevereiro, ele terá todo o mês de fevereiro para realizar o saque, mais os meses de março e abril. Sendo assim, o primeiro dia do prazo para retirada do valor será 1° de fevereiro e o último dia 30 de abril.

Por isso, já foi encerrado o prazo do saque-aniversário para aqueles que nasceram em janeiro e fevereiro, podendo ainda realizá-lo todos aqueles que nasceram nos meses seguintes. Cabe destacar que os nascidos em março tem apenas até o último dia deste mês, maio, para terem acesso à quantia.

O cálculo dos valores a serem liberados seguem uma progressão de acordo com a quantia acumulada. Aqueles que tiverem até R$ 500 poderão sacar até 50% do saldo; aqueles que tiverem entre R$ 500,01 e R$ 1000 poderão sacar até 40%; aqueles que tiverem de R$ 1000,01 a R$ 5.000 poderão sacar até 30%; aqueles que tiverem de R$ 5.000,01 a R$ 10.000 poderão sacar 20%; aqueles que tiverem de R$ 10.000,01 a R$ 15.000 poderão sacar 15%; aqueles que tiverem de R$ 15.000,01 a R$ 20.000, poderão sacar até 10%; e, por fim, aqueles que tiverem mais de R$ 20.000 acumulados poderão sacar até 5% da quantia.

Cabe destacar que, dependendo do percentual alcançado, haverá o acréscimo de uma parcela extra adicional informada no site da Caixa Econômica Federal. É preciso, portanto, ficar atento aos prazos e às tabelas divulgadas nos meios oficiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *